Futebol

Vieira, Pinto da Costa e Varandas juntos na Mealhada em almoço

Todos os presidentes de clubes da Liga NOS foram convidados para uma cimeira, na Mealhada. Entre as presenças mais marcantes estão os presidentes dos três grandes, que desta feita, aceitaram sentar-se à mesa.

Frederico Varandas, do Sporting, Jorge Nuno Pinto da Costa, do FC Porto, e Luís Filipe Vieira, do Benfica, marcaram presença neste almoço, na Mealhada. O objetivo desta reunião será discutir a melhor forma de reforçar o futebol português, junto das entidades governamentais.

Tudo isto ganha maior importância neste contexto da pandemia, onde os clubes da Liga têm saído bastante prejudicados, com a ausência de público nos estádios, bem como a falta de apoios para a modalidade.

Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), tem tentado reforçar a importância do futebol, junto do Governo, mas continua tudo muito parado e ainda sem previsão para esse regresso dos adeptos. “O futebol existe para os adeptos, é para isso que nós promovemos a nossa atividade, e foi absolutamente inaceitável a forma como o futebol foi tratado, na falta de equidade em relação a outras atividades.

O futebol tinha todas as condições para ter tido público mais cedo. Os números da pandemia, da forma como evoluíam, permitiam e ninguém compreende que não tivesse acontecido. E aqui, as entidades de saúde pública não trataram o futebol com o respeito que merece.

Esta é uma exigência que fazemos, para que a próxima época possa começar de forma diferente. Não permitiremos, em momento nenhum, que o futebol continue a ser tratado desta forma. Exigimos o respeito, o respeito aos clubes do futebol profissional”, afirmou Pedro Proença, em vésperas deste almoço, que visa aumentar a consciencialização deste problema.

Além de Varandas, Pinto da Costa e Vieira, também estão neste almoço, de acordo com o jornal Record, os presidentes do Paços de Ferreira, Belenenses SAD, Marítimo, Moreirense, Estoril, Tondela, Rio Ave e Farense, assim como representantes do SC Braga e Vitória SC, na ausência dos seus presidentes. O presidente do Famalicão garantiu chegada, um pouco mais tarde, ao evento.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo