Futebol

Apontado ao Benfica: Buffon confirma saída de Itália

O guarda-redes italiano Gianluigi Buffon é um dos nomes que mais tem agitado este mercado de transferências. Aos 43 anos, o guarda-redes termina contrato com a Juventus e não vai renovar. No entanto, a lenda ainda não se sente preparada para terminar a carreira e pensa em seguir para novos voos.

Depois de um ano no PSG, Buffon assinou um contrato de dois anos com a sua Juventus, mas já não foi um indiscutível na equipa, sendo muitas vezes suplente. Por isso, não vai continuar na equipa de Cristiano Ronaldo e está a ser apontado a vários destinos. Um deles, Lisboa.

Veja ainda: Os possíveis adversários do Benfica na pré-eliminatória Liga dos Campeões

De acordo com a imprensa, Buffon poderia jogar no Benfica, na próxima temporada. O guarda-redes não fala sobre novos destinos, mas em entrevista à GQ Itália, Buffon confirma a sua saída de Itália e o desejo por novos desafios:

Ainda não tenho a menor ideia para onde vou jogar, mas tudo indica que vou deixar Itália, porque a experiência em Paris (PSG) foi linda, enriqueceu-me desportivamente e humanamente, senti-me uma pessoa melhor. Então, se quero continuar a progredir como homem tenho de tentar ter outro tipo de experiência que não seja em Itália, porque só a ideia de aprender outro idioma, entrar em contacto com outras pessoas e superar dificuldades de qualquer tipo, são etapas que dão segurança. Sinto que estou bem quando percebo que estou a fazer algo para melhorar como pessoa e não apenas como jogador“.

O internacional italiano contou ainda sobre a sua decisão de se separar novamente da sua Juventus, de toda a vida. “Terminar esta história na Juve foi a coisa certa, porque após 20 anos a este nível e de uma relação de total respeito mútuo, acredito que um jogador como eu não conseguiria ficar num lugar com uma determinada função, como aquela que tive nos últimos dois anos, sem ter motivação para poder dar o meu melhor. No final do primeiro ano e meio, disse com muita lealdade à Juve que não renovaria. Agora, ainda quero sentir-me vivo, tenho estímulos e estou bem fisicamente, por isso é justo que tente outra experiência no estrangeiro ou outro ano como protagonista algures“, revelou Buffon, à GQ.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo